clipes, músicas, opinião, sugestão, vídeos

Músicas Para Relaxar e Brisar 01

Olá pessoas, tudo certo?
O Carnaval tá aí, para a alegria de muitos, para a tristeza de outros e para a produtividade de alguns (eu). Utilizei um pouco do meu tempo ocioso desse feriado para atualizar o blog. Quero compartilhar com vocês algumas das músicas que eu escuto para desestressar durante um dia de estudo, de trabalho ou então um dia de Carnaval.

Jigsaw Falling Into Place – Radiohead: Uma das músicas que, sem dúvidas, não poderia faltar nessa playlist. Ainda lembro da primeira vez que ouvi essa música na MTV (no tempo em que ainda era possível chamar aquilo de MTV), foi praticamente uma terapia pra mim, na verdade, ainda é até hoje.
Apenas deixe a música tocar, feche os olhos e preste atenção na linha do baixo.

Rest my chemistry – Interpol: Riffs marcantes, bem arranjados. Os caras do Interpol sabem como fazer música de qualidade. Não só a música é muito boa como seu clipe também. À primeira vista, parece mais uma daquelas visualizações do Windows Media Player. SQN. Aquele monte de pontinhos que mais parecem espermatozoides tem o objetivo de fazer a sua imaginação “entrar em curto”. Hehe.

Alibi – 30 Seconds to Mars: Essa música pertence ao CD “This is War”, lançado em 2009, porém tornou-se um dos melhores álbuns de 2010. Foi extremamente difícil escolher apenas essa música dentre todas as outras canções presentes no CD. Eu queria colocar todas, mas deixarei isso para um post futuro.

Good Enough – Amy lee: “como você vai querer ouvir sua Amy Lee?” ”na versão acústico, por favor”. Apenas assim. Amy compõe muito e toca pra caralho. A canção Good Enough só poderia ficar boa de um jeito: acústico.

505 – Arctic Monkeys: Foi essa música que me fez virar fã de AM (pode até ser meio poser dizer isto, então pau no seu cu). Há mais ou menos 5 anos, eu peguei um CD deles para ouvir enquanto jogava Project Powder, não estava curtindo muito, até que 505 começou a tocar… Acho que passei as duas semanas seguintes ouvindo apenas essa música :)

Ice Monster – Minus the Bear: Caso você precise de algo com efeito brisante imediato, recomendo qualquer CD desses caras. O excelente instrumental deles consegue te colocar dentro do ambiente da música de forma instantânea. Ice Monster mostra muito bem isso acontecendo.

Insone – Detonautas: Pensou que não haveria música brasileira nessa lista? Pois bem, tem sim. Psicodelia, Amor, Sexo & Distorção joga na cara da sociedade que Detonautas é bom. E, realmente, os caras sabem fazer música de verdade. Gosto de me referir à este CD como uma transição das tentativas frustradas de fazer música para tocar nas rádios, para algo superior.

Thieves – Incubus: Eles sempre fizeram músicas boas, mas estão sempre inovando a cada álbum novo. Penso que qualquer pessoa, que goste um pouco de rock, pode gostar de Incubus, porque eles têm músicas que transitam desde o Rock alternativo até o Funk metal.

Stop This Train – John Mayer: Para finalizar, não poderia faltar um dos caras que mais me surpreendem no mundo do Blues-rock. Mayer é um cara genial, sabe como fazer um dueto de violão e voz, transformando-os em apenas um instrumento. Blues nunca foi tão mainstream, no bom sentido :)

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s